REVISTA ADVOGADOS: COACHING PARA ADVOGADOS


Por Cid Tomanik Pompeu Filho

Você está satisfeito com a atividade que executa? E onde trabalha?
Entende que vai alcançar seus objetivos profissionais e pessoais?
Você crê que esteja preparado para encarar novos desafios?
Você quer mais tempo livre, sem estresse?

O coaching (treinamento) é amplamente difundido nos Estados Unidos e no Brasil. Apareceu como uma ferramenta para atender a necessidade do novo mercado de trabalho jurídico, cujos profissionais encontraram no coach (treinador), o parceiro ideal para alavancarem as respectivas carreiras e ao mesmo tempo alcançarem os seus objetivos profissionais e pessoais.

Por necessidade do novo mercado de trabalho e dos profissionais, surgiram os coachings voltados para o desenvolvimento pessoal, profissional e empresarial.

Até na área desportiva que, por exigência do mercado futebolístico, os clubes de futebol profissional implantaram a figura do treinador de goleiros. Nos dias de hoje, não adianta ter somente talento, é necessário ter um treinamento adequado. A figura do treinador de goleiros entra exatamente neste ponto, ou seja, de corrigir os defeitos, destacar as qualidades e proporcionar um treinamento adequado, para que o talento natural sobressaia.

Na esfera jurídica não é diferente, houve uma grande transformação no mercado de trabalho e no perfil do advogado no Brasil. Nos Estados Unidos centenas de web sites oferecem os serviços de coaching for lawyers. Dentre estes chamo a atenção para o de Daniel Roberts (www.coachingforlawyers.com/) e o de Phyllis Sisenwine (www.thelawyerscoach.com/).

Coaching para advogados

É uma ferramenta de desenvolvimento profissional, que se baseia no aumento da autoconsciência individual do profissional, através de um processo contínuo de parceria entre a pessoa treinada e o coach, que resulte em um progresso constante, no sentido de alcançar os objetivos profissionais e pessoais desejados.

Ultimamente, as empresas contratam coachs para seus executivos, a fim de melhorar os desenvolvimentos profissionais deste internamente. A contratação de um coach pessoal está crescendo entre os executivos que querem aprimorar-se profissionalmente e, conjuntamente atingir o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal.
O trabalho de coaching compreende: a avaliação do histórico da carreira profissional, a avaliação e situação no novo mercado de trabalho, a identificação das aspirações; a identificação das metas, a elaboração conjunta das estratégias, o apoio nas realizações, entre outras atividades. O trabalho de coaching pode ser focado em: resultado, orientação, consulta etc.

Coach
O coach não é headhunter ou especialista em recolocação profissional, mas sim um profissional, com experiência na seara jurídica, focado não somente nas disciplinas do direito, mas também, aquele sintonizado com as necessidades do contexto atual do novo mercado de trabalho jurídico. A função do coach é de torna-se um conselheiro de confiança do profissional do direito, auxiliando-o a alcançar os objetivos pessoais e profissionais.

Novo mercado de trabalho do advogado
O novo mercado de trabalho do advogado no país é competitivo e escasso. Inúmeros advogados desistem da carreira devido à falta de oportunidade ou por estarem frustrados como os resultados que vêem obtendo na carreia.
O reflexo disto é o número de candidatos em qualquer concurso público na área legal, e ainda, o aumento de cursos preparatórios para concursos. Com os escritórios de advocacia não é diferente quando precisam preencher uma vaga. Recebem centenas de currículos e na maioria das vezes não encontram o profissional desejado.
Todos os anos, as faculdades do país formam milhares de bacharéis em direito. Estes profissionais ingressam no mercado de trabalho sem ter a mínima noção de seus objetivos profissionais ou da profissão que escolheram.
No século passado, devido à escassez de advogado, estes eram valorizados. E cultivavam um formalismo empolado, falavam o “juridiquês”, que a maioria das pessoas não compreendia. Mas, o mercado de trabalho mudou.
Entender o mercado de trabalho atual, para os profissionais do direito é fundamental. Houve uma grande transformação no mercado de trabalho e no perfil do advogado. Não basta cursar uma faculdade de renome para ingressar no mercado de trabalho, é necessário algo mais. Ele deve estar em sintonia com as exigências do novo mercado de trabalho.
Muitas vezes, a escolha ramo de atividade jurídica é meramente casuísta, sem qualquer espécie de programação ou objetivo.
O ramo do direito proporciona uma diversidade de disciplinas, tais como, tributário, criminal, trabalhista, contratual, regulatório, etc. Escolher no início de carreira uma disciplina para trabalhar, praticamente a vida inteira, é muito complexo. É ainda mais difícil, após anos de atividade de atividade, querer migrar para disciplina.

Perfil profissional
Na busca da realização, é relevante para o profissional do direito saber escolher a área de atividade que irá exercer no mercado jurídico. Para isto, o profissional deverá ter conhecimento do seu perfil.
Na esfera jurídica existem diversos perfis de profissionais, que representam as habilidades dos profissionais, por exemplo:

a) profissionais com habilidade educacional (professores natos), vivem em ambiente acadêmico;

b) profissionais doutrinadores vivem no mundo acadêmico, mas não ministram aulas;
c) profissionais comunicativos e acessíveis, com extenso network, circulam no meio empresarial, como sócios ou associados, captam clientes para os escritórios;
d) profissionais que possuem habilidade em administrar, adaptam-se perfeitamente em departamento jurídico e ao ambiente empresarial, como gerentes ou diretores;
e) profissionais que escrevem muito bem, devido à criatividade jurídica que possuem, são eruditos e sempre buscam o mais conhecimento através de livros jurídicos, fazem seu trabalho com prazer, atuam em qualquer ramo do direito, mas se destacam como processualistas;
f) profissionais que possuem conhecimento generalista, transitam superficialmente quase todos os ramos do direito, mas sem se especializarem em algum ramo em especial.
g) profissionais que buscam o conhecimento jurídico através da internet (são conhecidos no mercado como os “ctrl c, ctrl v”);
h) profissionais que possuem habilidade em transitar em foros e tribunais, órgãos públicos entre outros, pois são conhecedores do formalismo exigido por tais órgãos;
i) Expressam-se muito bem em audiência, seja qual for à matéria que são submetidos;
f) entre outros.

Conclusão
Para ter empregabilidade, o advogado necessita modernizar-se, precisa estar em sintonia com as exigências do novo mercado de trabalho da advocacia brasileira.
Tendo em vista que o direito proporciona ao profissional, um vasto elenco de matérias jurídicas, o coach poderá auxiliá-lo a encontrar a disciplina que esteja em harmonia com sua personalidade pessoal e profissional.
Poderia citar inúmeros casos de advogados que não conseguiram alcançar seus objetivos profissionais e pessoais, por estarem trabalhando em áreas conflitantes ao seu perfil profissional e outros que atingiram seus objetivos ao acaso.

Contudo, para aquele que ainda não atingiu seu objetivo profissional, alguns ponto são de suma importante:

a) Refletir sobre a vida profissional;
b) Buscar a respectiva habilidade;
c) Ponderar sobre os defeitos e as qualidades profissionais;
d) Escolher o(s) ramo(s) do Direito que esteja em consenso com perfil profissional e pessoal;
e) Estar em sintonia com as necessidades deste novo mercado de trabalho jurídico;
f) Aperfeiçoar a competência;
g) Manter-se sempre atualizado;
h) Cuidar muito bem do network;
i) Aumentar a empregabilidade;
j) Aprimorar os aspectos de: liderança, criatividade facilidade de comunicação, energia empreendedora, habilidade de relacionamento, saber trabalhar em equipe, etc.

Como parceiro do advogado, o coach irá orientá-lo, no sentido de que este alcance os seus objetivos profissionais e pessoais.

Revista Advogados M&N – Edição 30

 Obs: Se você deseja realizar, gratuitamente, o teste básico de análise de perfil e descobrir se o seu temperamento tem te afastado dos seus objetivos:  CLIQUE AQUI

 


Categorias: Dicas para Advogados

Uma ideia sobre “REVISTA ADVOGADOS: COACHING PARA ADVOGADOS

  1. Youre so right. Im there with you. Your blog is definitely worth a read if anybody comes across it. Im lucky I did because now Ive obtained a whole new view of this. I didnt realise that this issue was so important and so universal. You certainly put it in perspective for me.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *